domingo, maio 01, 2005

CABINDA (1914)

A tampa da caixa sugeria algo promissor: 25 postais de Cabinda. Mas no seu interior estavam apenas doze. Não sei o que aconteceu aos restantes. Quanto à origem destes postais, sei que o meu avô não passou por Cabinda; imagino que os tenha comprado em Luanda, pouco antes do regresso a Lisboa,



































3 comentários:

C.S.A. disse...

Um avô assim eu queria ter tido! Tive alguns colegas de Cabinda em Angola, gente que muito estimava. Continue amigo. Que boa partilha e que descoberta!

Anónimo disse...

Nesta busca tantas vezes repetida,sobre tudo o que é CABINDA,hoje tive duas surpresas a primeira pela negativa rasgou-me a alma quando vi o que estão a fazer a um local, que conheci há trinta anos em que tudo era harmonia, era a paz que buscava-mos no intervalo da guerra, a maldita guerra, esse local era a baía de LÂNDANA.
A segunda marcou-me pela positiva foi com alguma ternura que vi e revi estas relíquias , duas das quais embora com envolventes diferentes consegui identificar.
Obrigado amigo por estes momentos.
António

Anónimo disse...

antigamente meus avos foram a cabinda e tiveram muitos anos felizes ate que ouve querra e tibveram de partir para portugal.
22-11-2011
18:34